Magnum Wine Radio 164 – Uma noite magnífica na III Gala Gastronómica da Bairrada

O Hotel Paraíso recebeu, mais uma vez, a Gala Gastronómica da Bairrada. Terceiro momento de um evento que, trimestre a trimestre, tem conseguindo aumentar a qualidade e animar os muitos presentes que têm enchido a sala do Hotel Paraíso, em Oliveira do Bairro.

Nesta terceira gala os produtores presentes – Argau, Caves Primavera, Quinta do Alvadeo, Quinta dos Abibes, Quinta da Lagoa Velha – mostraram-se de grande nível e a conversa que decorreu no pós-jantar (e que está disponível neste podcast – com a excepção das Caves Primavera, que não estiveram presentes) mostrou produtores que estão apaixonados pela região, preocupados com o caminho a seguir, e entusiasmados com os seus produtos.

A anteceder a refeição os produtores presentes deram a possibilidade de provarmos 5 espumantes. Cada um ao seu estilo, permitiu começar muito bem a noite, que se adivinhava com muitas curiosidades.

De seguida, iniciou-se o desfile dos cinco pratos – como sempre, são cinco chefes, cinco vinhos, todos da região. Começou o chef Bruno Barradas, com a entrada que foi acompanhada pelo espumante da Quinta do Alvadeo, de Marcos Gala

De seguida, o Chef Vitor Fontes deu-nos a provar uma Espuma de Bacalhau, prato acompanhado do vinho Tagarela, da Quinta da Lagoa Velha.

O chef Luis Vidal arriscou  num robalo corado em pistácio com risotto de berbigão e cogumelos, sendo o vinho escolhido para acompanhar o Quinta dos Abibes Sauvignon Blanc 2016

A proprietária e cozinheira Ilda da Maia presenteou os presentes com um Arroz de Cabidela de Leitão à Terraço do Paraiso que foi acompanhado pelo Special Selection 2015 das Caves Primavera.

Por fim, e na sobremesa, o chef pasteleiro Rui Jesus apresentou o Gran Certima acompanhado do espumante Argau, de Adelino Teixeira.

 

Como sempre, houve outras novidades: mais um brilhante bolo – excelente concepção – e um bombom formidável criado com espumante da Bairrada foram novidades oferecidas a todos os presentes

A próxima gala está, desde já, marcada para o dia 11 de Agosto, em pleno Verão e todos aguardamos pelas novidades. Em jeito de conclusão, refiro que os vinhos propostos estiveram globalmente bem – o Sauvignon Blanc dos Abibes e o espumante Argau foram os mais interessantes mas como disse todos estiveram bem. Claro que nas harmonizações, dado que foram os chefs a escolher os vinhos, há os quese mostram mais adequados que outros mas foi uma Gala a recordar!!!

Posted in and tagged , , , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.